Quais são os sinais de que o estresse já passou dos limites?

Quais são os sinais de que o estresse já passou dos limites?

A rotina do dia a dia é tão corrida que, muitas vezes, acabamos estressados, acumulando tarefas e com pouco tempo para realizar atividades prazerosas. O estresse está relacionado ao aumento dos níveis de cortisol no sangue – hormônio que é essencial para o organismo, mas quando produzido constantemente, acaba por refletir em problemas físicos. Por isso, é importante saber quais são os sintomas do estresse, suas causas e consequências e, claro, como amenizar/eliminar essa adversidade.

Sintomas do estresse no corpo

Como dizemos, é importante olhar para o corpo e observar se ele já está nos enviando sinais de que o estresse já passou da conta. Confira alguns sintomas:

  • Dificuldade para dormir;
  • Irritabilidade;
  • Cansaço demasiado;
  • Tensão muscular/
  • Dores de cabeça;
  • Baixa imunidade;
  • Tonturas;
  • Alergias de pele;
  • Gastrites e úlceras;
  • Queda de cabelo;
  • Falta de concentração.

Como amenizar os sintomas do estresse

A notícia boa é que, por meio de algumas adaptações na rotina, é possível aliviar a carga de estresse e incluir pequenas ações que vão te ajudar a relaxar e encontrar o equilíbrio.

1. Inclua atividades físicas na rotina

A prática de atividades físicas é a opção mais eficaz para combater o estresse. Isso ocorre porque ela libera hormônios que otimizam o funcionamento do corpo. A endorfina melhora o humor e a sensação de bem-estar e age como um analgésico natural; enquanto a adrenalina age na redução do estresse e o cortisol como anti-inflamatório.

2. Durma melhor

O estresse prolongado acaba sendo uma forma de agressão ao corpo. Por isso, é essencial reservar um tempo para recuperar as energias e relaxar. Aproveite que a endorfina liberada pela prática de atividades físicas também melhora a qualidade do sono e programe-se para ter boas horas de sono.

3. Experimente meditar

A meditação ajuda a reduzir os hormônios de cortisol, responsáveis pelo estresse. Além disso, sessões regulares da técnica fazem com que a comunicação entre as áreas do cérebro seja melhorada, o que aumenta nossa capacidade de lidar com situações adversas.

4. Aprenda a dizer não

Nós não temos controle sobre a maioria das atividades do dia a dia, que pode ser motivo de estresse. Por isso, é importante fazer escolhas sábias em relação às que podemos controlar.

Se incluir mais uma responsabilidade ou atividade na rotina, que vai só te sobrecarregar e não vai acrescentar tanto, prefira não assumir o compromisso. Planeje melhor suas responsabilidades e só assuma o que for realmente necessário.

5. Sorria

Já está comprovado, cientificamente, que rir diminui os hormônios e substâncias ligados ao estresse e libera endorfinas – os hormônios que dão a sensação de bem-estar. Além disso, a circulação é estimulada, assim como o relaxamento dos músculos, ou seja, outro ponto contra o estresse!

E você, qual outra atividade incluiria nessa lista?

Deixe uma resposta

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: